Bruxismo – Causas e tratamento

O Bruxismo é o hábito de pressionar e ranger os dentes enquanto se dorme o que pode produzir, ou não, sons. As pessoas que são acometidas por esse tipo de condição geralmente possuem problemas emocionais muito presentes. As causas desse ato, inconsciente, estão relacionadas geralmente a vários fatores, entre eles:  fatores psicológicos, tensão, raiva, ansiedade, medo, estresse e forte influência da posição dentária.

Se você não bem como identificar os sintomas, veja abaixo uma lista dos mais apontados por quem sofre de bruxismo:

Ouvir zumbidos.
Dores perto do ouvido.
Dores na nuca e nos ombros.
Dificuldade para mastigar.
Perceber estalos na região do ouvido ao bocejar.
Dores de cabeça.
Dores mandibulares.

bruxismo

Quem sofre com Bruxismo pode ter desgaste dental, sensibilidade nos dentes, fadiga facial geral e até sangramento da gengiva.  O médico poderá recomendar tratamento psiquiátrico para aliviar os sintomas de depressão, ansiedade e estresse, que devem ser acompanhados de perto. A inclusão de atividade física na rotina também é indispensável no tratamento.

Fora isso, o dentista poderá recomendar a inclusão de placas que podem ser de silicone ou acrílico, que além de protegerem os dentes irão diminuir a atividade e facilitar o processo mastigatório.

Algumas mudanças de hábitos também poderão ser importantes durante o tratamento, tal como evitar chocolates e bebidas com cafeína e álcool e não mastigar com muita força durante as refeições. Em casos mais severos o médico poderá administrar remédios para relaxar e dormir melhor também.

Lembrando que o Bruxismo pode afetar pessoas de todas as idades e sexos, e que crianças com histórico de excesso de atividades ou traumas psicológicos precisam de mais atenção.

Advertisement

Go to Smartblog Theme Options -> Ad Management to enter your ad code (300x250)

One Response to “Bruxismo – Causas e tratamento”

  1. dr:draugio valela eu e minha mãe e avo e meu marido fumamos muito mais nòs gostariamos muito de deixa de fuma como pode nós ajudar dr:draugio valela.

Leave a Comment