O que muda no futebol brasileiro com a saída de Ricardo Teixeira da CBF?

Este mês de fevereiro ficará marcado na história do futebol brasileiro. Após 23 anos no comando da maior entidade do futebol brasileiro que inclusive é uma das maiores do mundo, a CBF, Ricardo Teixeira divulgou uma carta de renúncia a Presidência da entidade. Isto já era esperada por muitos, mas muita gente também duvidava que algo desse tipo pudesse ocorrer devido a força que Ricardo sempre teve junto a própria FIFA.

Após muitas denúncias sobre corrupção na entidade, Teixeira não resistiu ao grande desejo da própria população por sua saída (embora o fator saúde também o tenha incentivado a renunciar o cargo). Há alguns anos Ricardo Teixeira vem sofrendo de vários problemas de saúde e isso também vinha interferindo em seu trabalho na CBF.

Tudo sobre o campeonato brasileiro 2012

Agora, com a saída do mandatário, será que o futebol brasileiro ganhará novos rumos em toda sua estrutura? Afinal de contas, em 23 anos apenas um presidente comandou a CBF e mesmo com todos os problemas, muitas conquistas foram concretizadas. No entanto, a questão das conquistas (em parte) não representará muito se analisarmos apenas nossa Seleção Brasileira visto que para o brasileiro, ela é obrigada a vencer todos os torneios que disputa.

BRA01. RÍO DE JANEIRO (BRASIL), 09/11/07.- El presidente del Comité de Futsal y Fútbol de Playa de la FIFA y presidente de la Confederación Brasileña de Fútbol, Ricardo Teixeira, participa de una rueda de prensa hoy, 9 de noviembre de 2007, en Río de Janeiro, en donde se divulgó que las ciudades de Río, Brasilia y Jaraguá do Sul son candidatas a recibir la Copa del Mundo de futsal 2008. EFE/ Antonio Lacerda

A verdade é que, diante dessa mudança de comando, a expectativa é que mudanças significativas possam ocorrer no futebol brasileiro. Mesmo com a CBF apresentando conquistas, ter trazido a Copa do Mundo para o país, bem como ter apresentado uma melhor organização do futebol brasileiro, muita coisa ainda poderia melhorar e mudar! Vejamos:

Começando pela nossa seleção, o atual momento é tão decadente que precisará de bastante tempo para que a situação volte a ser favorável para nós. A principal mudança deveria acontecer quanto ao técnico, pois o Mano Menezes já provou não ter capacidade para dirigir a seleção que mais possui títulos mundiais. Nossos campeonatos também são mal organizados ainda, extremamente diferentes dos campeonatos organizados em outros países. Ressaltamos que em decorrência da quantidade de dinheiro que as emissoras de TV pagam pelo campeonato, a organização e cronograma deveriam ser melhores.

Caro, conhecendo a estrutura do futebol brasileiro acreditamos que pouca coisa possa mudar, visto que quem ficará no comando da CBF serão pessoas com as quais Ricardo Teixeira confiava; Elas têm a mesma ideologia dele!

Portanto, os pontos apresentados são os que deveriam passar por uma reestruturação, mas, infelizmente, quem sabe são mudanças impossíveis pelos pontos ressaltados. Acreditamos que a mudança poderá ser no nosso calendário a fim de melhorar a estrutura dos campeonatos a nível nacional e, consequentemente, estadual. Resta para tanto esperar para conferir o que poderá ser alterado em nosso futebol, principalmente no que diz respeito à Copa do Mundo e nossa Seleção que, inclusive, não anda muito bem.

Advertisement

Go to Smartblog Theme Options -> Ad Management to enter your ad code (300x250)

No comments yet.

Leave a Comment